Marmorização de papel: as dicas sobre marmorização turca para iniciantes

Como muitos dos meus colegas encadernadores, eu sou principalmente autodidata; nós pesquisamos na Internet dicas de encadernação, moldes de costura e opções de couro ou tecido. Este interesse inicial em artes de livros normalmente começa com as teorias modernas da encadernação tradicional. Mas depois de encadernar alguns livros, é natural que você queira retroceder um pouco na história e investigar as origens e técnicas das outras artes relacionadas com livros, tais como guardas de livros marmorizadas.

A fascinação cada vez maior com marmorização tradicional de papel foi provavelmente provocada pela quantidade aparentemente infinita de tutoriais sobre unhas marmorizadas no YouTube e os resultados publicados no Instagram ao redor do mundo. Eu acho que os tutoriais de como marmorizar papel (substrato original do processo de marmorização) são bastante evasivos.

A maioria dos vídeos sobre marmorização de papel nem são tutoriais, mas sim as demonstrações do processo de marmorização em tempo real; por exemplo, quando pingam a tinta na superfície da base, em seguida, as cores ricas são penteadas e raspadas para criar as faixas que formam padrões intrincados. Quando simplesmente assistimos ao vídeo, ficamos hipnotizados, pensando, “é fácil, eu posso fazer isso.” No entanto, não temos a noção do planejamento e preparação que faz parte desse processo e que garante que tudo corra bem.

Então, vamos lá ver a onde é que isto nos leva no meio do processo de aprendizagem? Parece que, embora nós estejamos na era da Internet, para obter qualquer instrução decente sobre a preparação e a técnica, você precisa ir até o seu templo local de livros – a biblioteca. Ou você pode encomendar um livro da sua casa e o FedEx vai entregá-lo. Afinal, talvez a Internet seja útil no processo de marmorização!

De qualquer forma, quando eu percebi que realmente deveria ter lido o livro sobre marmorização, eu já estava atolada em carragena, tentando e errando. Deixe que as minhas frustrações poupem algum estresse seu e talvez alguns dólares. Aqui você encontra algumas dicas e informações que a maioria dos vídeos nunca mostram.

Carragena

  • Compre a carragena do tipo Lambda. Muitas vezes, os vendedores na Internet não especificam qual tipo de carragena estão vendendo, e nem todas as carragenas são iguais. Por exemplo, a carragena do tipo Kappa se transforma rapidamente em gelatina, enquanto a carragena Lambda você pode deixar por uns dias fora da geladeira e por até uma semana dentro da geladeira; ela não gelifica (após este ponto, a natureza segue seu curso e a estrutura começa a quebrar). Se você compra de um vendedor, que só trabalha com marmorização, você pode confiar que ele oferece somente a carragena Lambda. Ou será que você compra na Amazon de forma aleatória? Tenha certeza do produto que você compra.
  • Em vez de carragena, você pode usar na sua base a celulose de metilo. A vantagem de utilizar a celulose de metilo é que ela não estraga com o tempo e pode ficar fora da geladeira por tempo indeterminado.
  • A carragena precisa descansar por algumas horas para ajudar a dissipar as bolhas de ar. Por que nos preocupamos com as bolhas? Ninguém ainda falou sobre este detalhe. As bolhas na sua solução vão impedir que a tinta se espalhe corretamente e vão dispersar a sua cor. Se você não tem paciência que nem eu, você pode raspar as bolhas com os seus utensílios de limpeza.

Alume

  • Para preparação utilize uma esponja em vez de um frasco pulverizador para aplicar o alume no seu papel. Pulverizando, você não consegue espalhar o alume uniformemente, por causa disso algumas partes da sua impressão podem sair com agua na hora de enxaguar. As esponjas naturais são mais eficientes.

Tinta

  • Utilize as tintas acrílicas de alta qualidade (eu prefiro as da Liquitex Heavy Body) diluídas com um pouco de água. Certifique-se de que o pigmento é bem misturado, senão você vai ter pedaços na solução viscosa e a cor não irá se espalhar.
  • Se você armazena suas tintas em latas com tampa de rosca, mexa as tintas em vez de sacudi-las. Isto parece óbvio, mas normalmente nós queremos sacudir um recipiente antes de usá-lo; isso cria bolhas e faz com que as suas cores quebrem e se espalhem na superfície de forma irregular.
  • Evite as tintas acrílicas transparentes, ou o seu vermelho aparentemente intenso vai se transformar em rosa delicado, uma vez transferido para o seu papel. Normalmente, a parte de trás do tubo de tinta indica se a cor é opaca ou transparente.

2015.10.01 - 02 - Paint-Transparent

Fel de Boi

  • Tradicionalmente, o verdadeiro fel de boi utilizava-se no processo de marmorização, mas hoje em dia, ele não é forte o suficiente para as tintas acrílicas (que são uma invenção relativamente nova). Em vez disso, um agente molhante tal como Kodak Photo Flo pode ser usado. Você pode comprar uma garrafa grande por cerca de US$ 10, que vai durar anos. Ele também pode ser usado em marmorização estilo Suminagashi.
  • Às vezes, você não precisa de adicionar nada às tintas acrílicas diluídas para ajudá-las a se espalhar. Para testar, primeiro pingue a tinha em cima da base para ver se ela se espalha prontamente por toda a superfície. Caso contrário, você vai ter que usar o fel de boi.
  • Para criar alguns tipos de desenho (por exemplo, Italian Vein), você precisa pingar o fel de boi diluído na superfície da solução viscosa. Tendo feito isso, as novas cores não vão se espalhar em cima da solução, portanto certifique-se que este seja o último elemento do seu desenho. Consequentemente, uma tinta misturada com demasiado fel de boi não vai permitir que outras cores se espalhem em cima dela. Adicione apenas um pouco de fel de boi de cada vez, assim você não vai estragar as suas tintas.

2015.10.01 - 03 - Gall-GreenPaintOnTopOfGall

Papel

  • O modo de colocar uma folha de papel em cima da camada de tinta é extremamente importante. Coloque o papel na superfície com um movimento suave para evitar bolhas e linhas. Para fazer isso, segure os cantos opostos de seu papel, fazendo uma espécie de dossel, e em seguida, ponha o papel em cima da solução. Você pode assistir aos vídeos gravados pelos profissionais na área de marmorização fazendo isso, mas esta atividade requer prática e paciência.

2015.10.01 - 04 - Paper-AirBubble

  • Após a lavagem, não toque na impressão. Deixe a impressão secar antes, para que as cores fiquem permanentes.

2015.10.01 - 05 - Paper-Placement

Espero que as minhas dicas lhe ajudem nas suas primeiras sessões de marmorização. Agora saia da cama e comece a marmorizar!

Crystal Shaulis conheceu a arte de encadernação pela primeira vez no verão três anos atrás em Veneza, na Itália, onde ela estudou a arte e história dos livros tradicionais. Atualmente ela é a coordenadora e professora no Centro de Artes de Livros em Kalamazoo, no Michigan. Você pode conhecer o trabalho dela no site CrystalShaulis.com

Leitura adicional